Porque a pequena indústria exige uma gestão impecável?

Todo empresário sabe que a otimização da produtividade em função do tempo significa obter mais lucros. Essa otimização de que estamos falando é baseada na qualidade do produto, no corte de gastos desnecessários, no uso inteligente dos recursos e em muitos outros fatores. A pequena indústria no ambiente competitivo consegue abrir vantagem a partir do momento que a eficiência de sua gestão reflete em  aumento da produção sem alterar sua qualidade e sem que seja necessário fazer investimentos muito pesados. Por isso, a tomada de decisões baseada em dados precisos e em análises feitas por especialistas é peça-chave para que esta vantagem seja alcançada.

 

Nesse contexto, a extrema competição entre as pequenas indústrias é a principal razão da exigência de uma administração afiada. Este mercado tem uma tolerância muito curta para erros e, de acordo com dados do SEBRAE, aproximadamente 50% das pequenas empresas fecham as portas até dois anos após nascerem. O motivo principal? Falta de competência na gestão. Infelizmente, alguns empresários traçam o próprio planejamento sem contar com o auxílio de um profissional. Sem dados reais da concorrência e sem saber a respeito das tendências atuais do mercado, passam a operar de acordo com o método de tentativa e erro, que é o maior causador de perdas de oportunidades, investimentos e capital. Algumas indústrias ainda conseguem contar com a sorte e sobreviver, mas estes 50% de portas fechadas em tão pouco tempo nos diz que depender do acaso está muito longe de ser uma boa estratégia.

Consultoria específica para a pequena indústria

O serviço de consultoria para a pequena indústria possui especificidades inerentes à sua condição de micro e pequeno porte, razão pela qual alguns fundamentos da administração de empresas de grande porte não se aplicam à sua realidade. Assim, é de suma importância que o serviço leve em consideração dados reais. É importante lembrar que a pequena indústria se caracteriza como micro e pequena empresa (MPEs). De acordo com o SEBRAE, as MPEs são responsáveis por aproximadamente 52% dos empregos formais no Brasil.
É conveniente que o planejamento administrativo da pequena indústria seja preparado o mais rápido possível, de preferência antes que comece as suas atividades. A consultoria de pequenas indústrias permite que sejam traçadas estratégias de corte de gastos, de gestão correta de recursos humanos e materiais e também de responsabilidade ambiental e social, que impactam diretamente na credibilidade e reputação da empresa no mercado. Para contratar este serviço, você deve contar com uma empresa especializada e que possui profissionais qualificados, garantindo assim o melhor resultado. Em Florianópolis, a Sibrom é referência em consultoria empresarial, oferecendo o serviço específico de consultoria para a pequena indústria de modo a eliminar o máximo possível de risco e garantir que seus clientes fiquem entre os 50% que conseguem atingir o sucesso após o segundo ano de vida. Investir em consultoria é sinônimo de garantir um futuro seguro e duradouro para a sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *